Cadastre-se para receber nossos conteúdos em primeira mão!

#blogdaskala

Esta é a maneira para encontrar tranqüilidade no caos


Claro, pensar é necessário para sobreviver, mas a maioria dos pensamentos que se tem flutuando ao redor da cabeça é falsa e não deve ser ouvida. No entanto, é ouvida, já que na cabeça, há um disco quebrado que continua repetindo os mesmos pensamentos novamente e novamente sem fim.


Quando a pessoa conscientemente se concentra na respiração, não está apenas cultivando a atenção plena, está também criando quietude na mente. A ideia é dar uma pausa muito necessária da constante barragem de pensamentos que afligem a maior parte do dia.


Para a pessoa comum, a maior parte dos dias é passada projetando ao futuro ou lembrando sobre o passado. Em ambos os casos, as pessoas estão ausentes no presente. Portanto, ausentes da vida. Se pensa sobre o motivo de Sheryl na contabilidade não ter enviado o e-mail de volta, ou quantos carboidratos tinha o sanduíche consumido no almoço de hoje, ou a preocupação sobre se a carreira está no caminho correto.


Se esses pensamentos eram apenas uma gravação, poderia pressionar o botão de parar. Mas a vida não é tão simples. Não se pode simplesmente interromper os próprios pensamentos. Não importa quanto é desejado isso ou quanto tentar.


Seguir este guia e com trabalho duro chegará onde deseja estar. No entanto, não há ciência para aprender a como viver uma vida plena. Ninguém determinou as instruções para todos poderem alcançar o domínio do viver. A vida que se tem é uma tela em branco, e quem a vive é o pintor, e o estado de estar consciente é a arte.


A arte de viver

O estado de estar consciente não é a mediação. É um sistema operacional para a própria vida. É a estrutura subjacente sobre a qual se pode pintar a obra-prima da vida que se tem. É uma dança que exige a habilidade para manter a consciência das mentes, já que elas saltam de uma coisa para outra, buscando distração ou evitando dificuldade. Assim, como as pessoas aprendem esta forma de arte?


A resposta é encontrar quietude

O processo mental, saltar ao redor e a distração e ser alcançado em histórias, apenas causa estresse quando as pessoas se prendem a eles e dizem para si uma história sobre a razão de surgirem. Esses pensamentos não são simplesmente comuns, sendo parte da condição humana normal. Mas se isso é como as mentes são na maior parte do tempo, então estar aflito por esta condição provavelmente causará ansiedade constante. Ao invés, é mais útil aprender a:

  • Ser consciente destas condições mentais

  • Estar presente com o padrão mental e permanecer com isso, e

  • Trabalhar com a situação de uma forma consciente.

A única maneira de dominar isso é por encontrar tranqüilidade no próprio dia.


Encontrar tranqüilidade: fazer uma pausa de 8 minutos do dia agitado e tentar fazer o seguinte

  1. Sentar-se e ficar longe de todos os dispositivos e outras atividades. Apenas sentar-se ali, talvez com os olhos fechados, talvez olhando para a natureza ou uma parede.

  2. Tirar um momento para avaliar a própria condição. O que se sente? Há cansaço, ansiedade, frustração, calma, felicidade? Qual é o estado da própria mente?

  3. Avaliar como tem se comportado recentemente, hoje, ou apenas na última hora. Esteve constantemente distraído? Ocupado? Focado? Procrastinando? Com ansiedade ou medo? Irritado? Sentindo-se para baixo?

  4. Ficar com estes sentimentos por um momento, apenas ser curioso e não julgar sobre eles.

  5. Sentir cada um deles, e perceber o padrão mental que o causou. Se estiver frustrado, está preso em uma história ressentida sobre alguém ou a própria situação atual? Se estiver ansioso, há algum resultado desejado a que está se prendendo? Se estiver sentindo-se para baixo, está comparando a sua situação com algum ideal que não tem?

  6. Trazer a atenção para o corpo que tem. Qual é a sensação? Qual sensação é possível perceber na cabeça, pescoço, braços, mãos, tronco, quadris, bumbum, pernas, pés?

  7. É possível encontrar gratidão neste momento? É possível encontrar amor ou compaixão por si ou pelos outros?

Não há necessidade de fazer todas estas coisas a cada vez que encontrar a tranqüilidade, mas estas são todas as coisas possíveis de ajudar para se tornar mais consciente do que a própria mente e corpo estão tentando comunicar a si.


Dicas para quando/como fazer isso acontecer:

  • Fazer isso no chuveiro: a média é que o indivíduo tome um banho de 8 minutos a cada dia. Isso poderia ser um momento excelente para criar espaço à tranqüilidade em uma atividade que já se faz. Experimentar não tentar ficar presente o tempo inteiro.

  • Fazer disso a primeira coisa ao acordar ou logo antes de ir para cama: a dica é que a primeira coisa a fazer pela manhã logo após acordar seja exercitar a mente, ou seja, meditar. Não porque isso oferece mais valor pela manhã, mas porque a manhã é o único momento do dia geralmente que as pessoas controlam completamente.

  • Fazer isso no transporte: parar e determinar um timer por 8 minutos e apenas se sentar. Não é necessário fechar os olhos ou cantar. Apenas parar o que estiver fazendo e encontrar a tranqüilidade.

Mesmo diante de todas as dicas do mundo, depende do indivíduo reservar o tempo para encontrar a tranqüilidade na própria vida. Isso beneficiará a vida de mais maneiras do que se pode imaginar.


Este artigo foi adaptado do original, “This is How You Find Calm in the Chaos“, do Medium.

Fonte: Jornal do Empreendedor


Baixe agora o nosso ebook e conheça os 10 passos essenciais para se tornar um empreendedor de sucesso!

Av. do Estado, 2100, Sala 10, Ed. Parque das Nações, Balneário Camboriú/SC

88338-063

Tel: (47) 3363-9941

       (47) 3264-9381

Cel: (47) 98856-4892

CRC/SC

5787/O-8  Balneário Camboriú

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

2020 SKALA CONTABILIDADE LTDA

Skala Contabilidade